APRESENTAÇÃO

Perdoa-me por Me Traíres é uma peça teatral escrita por Nelson Rodrigues em 1957. A peça conta a história de Glorinha, uma adolescente órfã. Reprimida pelo casal de tios com quem vive, ela procura a ajuda da cafetina Madame Luba. O tio Raul, ao descobrir que Glorinha se prostitui, decide então revelar segredos sobre a sua origem.

 

SINOPSE

GLORINHA (CLARISSA KAHANE) é uma jovem de 16 anos, virgem, de família classemédia, que resolve se prostituir, após o “suicídio” de sua mãe.Era muito reprimida pelo casal de tios com quem vivia, TIO RAUL (ERNANI MORAES), dequem era objeto de desejo, e TIA ODETE (ROSE LIMA), uma mulher doente, que vive vagandopela casa, tal um zumbi, a repetir: “Está na hora de tomar a homeopatia.”.GLORINHA é levada, pela colega de escola, NAIR (BEBEL AMBRÓSIO), a uma luxuosacasa de prostituição, que recebe deputados e outros “fregueses com imunidades”, gerenciadapor MADAME LUBA (TATIANA INFANTE).Ao conhecer o mundo dos bordéis, ela acaba se fascinando por ele, ao mesmo tempo emque prepara uma terrível vingança contra o TIO RAUL, personagem abominável.Certo dia, ao descobrir que a sobrinha se prostituía, seu tio lhe conta a verdade acerca desua origem, de seu passado obscuro, de seus pais, e, através de um trânsito entre o passado e opresente, mergulham num universo cruel e realista.

FICHA TÉCNICA

Texto: Nelson Rodrigues
 

Direção: Daniel Herz
 

Elenco: Bebel Ambrosio, Bob Neri, Clarissa Kahane, Ernani Moraes, Gabriela Rosas, João Marcelo Pallottino, Rose Lima,
 

Tatiana Infante e Wendell Bendelack
 

Direção musical: Ricco Viana
 

Direção de movimento: Duda Maia
 

Iluminação: Aurélio de Simoni
 

Cenário: Fernando Mello da Costa
 

Figurino: Antônio Guedes
 

Assistente de direção: Tiago Herz
 

Assistente de figurino: Renata Mota
 

Programação visual: Leticia Moraes
 

Consultoria psicanalítica: Evelyn Disitzer
 

Assessoria de Imprensa: MNiemeyer
 

Coordenação financeira: Indryd Cardozo
 

Direção de Produção: Bruno Mariozz

Produção: Palavra Z Produções Culturais

Daniel Herz - DIREÇÃO

Diretor teatral, autor e diretor artístico da Cia. de Teatro Atores de Laura. Trabalhos recentes de direção: Meu Saba; O Elixir do Amor; Fonchito e a Lua; A Importância de ser perfeito. Com a Cia Atores de Laura: Beatriz; O Filho Eterno; Absurdo; Adultério; Ensaios de Mulheres; O Conto de Inverno; As Artimanhas de Scapino e Decote. Durante sua carreira recebeu vários prêmios de Teatro na categoria direção: Coca Cola, Qualidade Brasil, Orilaxé e duas indicações ao Prêmio Shell de Teatro. Seus últimos trabalhos foi a direção do musical “As Bodas de Fígaro”.

Clarissa Kahane - ATRIZ

Natural do Rio de Janeiro, formou-se em pedagogia pela UERJ em 2008, iniciou no teatro em 2009 com a peça Apocalipse Segundo Domingos Oliveira com direção de Domingos Oliveira, teve participações na televisão nos seriados Copa Hotel que foi ao ar em outubro de 2013 pela GNT e Quero ser solteira pela Multishow em abril de 2012, entre seus últimos trabalhos está a protagonista Noa do monologo Meu Saba e a jovem Glorinha do espetáculo Perdoa-me Por Me Traíres.

Wendell Bendelack - ATOR

Wendell Bendelack é ator formado pela CAL – Casa das Artes das Laranjeiras. Últimos trabalhos no teatro: “Todo Vagabundo tem seu dia de glória” (Dir. Thiago Pach), “Clementina, cadê você?” (Dir. Duda Maia), “Inonsense – o Musical” (Dir. Menelick de Carvalho), “Novela Brasil” (Dir. Os Surtados), “O Incrível Segredo da Mulher Macaco” (Dir. Saulo Sisnando), “Surto”, há 12 anos em cartaz, “Mamãe não pode saber” (Dir João Falcão). Últimos trabalhos na televisão: “Malhação” (2013), “Insensato Coração”, “Sexo Frágil”. Participações na TV: “Boogie Oggie”, “Por isso eu sou vingativa”, “Tapas e Beijos”, “A Lei e o Crime“, “Casos e Acasos“, “A Grande Família“, “A Diarista“, “Sob Nova Direção“, “Turma do Didi“, “Malhação“ (2006), além das novelas – “Amor, Eterno Amor“,“Cobras e Lagartos“,“Paginas da Vida“,“Beleza Pura“,“Paraíso“,“Duas Caras“. Trabalhos em cinema: “Copa de Elite“ (Dir. Vitor Brandt), “Elvis e Madona“ (Dir. Marcelo Lafitte), “Encantados“ (Dir. Tizuka Yamazaki), “A Máquina“ (Dir. João Falcão) e “Meu Nome não é Jhonny“ (Dir. Mauro Lima).

Ernani Moraes - ATOR

Ernani Moraes é ator e trabalha há mais de 20 anos na Rede Globo, e seus principais trabalhosna emissora são: “Salve Jorge”, “Aquele Beijo”, “Toma Lá, Dá Cá”, “Beleza Pura”, “ParaísoTropical”, “Amazônia, de Galvez a Chico Mendes”, “Cobras & Lagartos”, “Bang Bang”, “Comouma Onda”, “Chocolate com Pimenta”, “Kubanacan”, “Malhação” (2002), “O Quinto dosInfernos”, “Ilha Rá-Tim- Bum”, “Aquarela do Brasil”, “Sai de Baixo”, “Torre de Babel”, “DonaFlor e Seus Dois Maridos”, “O Amor Está no Ar”,“Engraçadinha: Seus Amores e Seus Pecados”,“Memorial de Maria Moura” e “Vamp”. No cinema atuou em “Disparos” (2011), “Cafundó”(2005), “Viva Voz (filme)” (2004), “O Martelo de Vulcano” (2003), “As Alegres Comadres” (2003), “Tiradentes (filme)” (1999) e “Lamarca” (1994).

Tatiana Infante - ATRIZ

Tatiana Infante é atriz, formada em Artes Cênicas, Ballet Clássico ( Royal Academy of London) e cursou faculdade de Cinema ( Estácio de Sá), onde produziu e dirigiu vários curtas-metragem. No teatro, atuou em A Hora Perigosa (2014 - Direção Daniel Herz), Viúva porém honesta (2014 - Direção Giulia Grandis), Nadistas e Tudistas (2013 - Direção Daniel Herz), “A mulher não existe (2012 - Direção Daniel Herz), As (piores) cenas de minha vida (2011 - Direção Daniel Herz) , Melodrama (2010 - Direção Daniel Herz) e Despertar da Primavera (2009 - Direção Daniel Herz). Fez participações em produções na TV Globo como, Coração de
Estudante, A Grande Família e Malhação e Dançou no Corpo De Baile do Programa Planeta Xuxa.

Gabriela Rosas - ATRIZ

Gabriela Rosas é atriz formada em Cinema pela FAAP e em teatro pela Escola Incenna, em São Paulo. Completou seus estudos teatrais em Paris, na École Philippe Gaulier de Théâtre, onde cursou Máscara Neutra, Shakespeare, Tragédia Grega, Melodrama, Vaudeville, Bouffon, Clown e Tchekhov. No Rio, seu treino tem sido com Daniel Herz, já há três anos. Seu último trabalho em São Paulo foi um monólogo, dirigido por Marcelo Rubens Paiva , com o qual recebeu convite para o Festival de Teatro de Curitiba. No Rio de Janeiro suas últimas peças foram: “A Hora Perigosa” (substituições), “Adultério” (Com a Cia Atores de Laura), “Nadistas e Tudistas” e “ Decote” (com a Cia Atores de Laura). Todas dirigidas por Daniel Herz. No cinema participou do filme “Aparecida” e de alguns curtas, entre eles “Noite De Sol”, com o qual recebeu Kikito de melhor atriz no Festival de Gramado. Na TV fez participações nas novelas Amor à Vida, Vitória” e Chiquititas. Gabriela também foi apresentadora por 4 anos do programa Madrugada Vanguarda, da Rede Vanguarda, afiliada da Rede Globo no interior de São Paulo.

Bebel Ambrosio - ATRIZ

Bebel Ambrosio é atriz desde 2007. Atuou nos seguintes espetáculos: “Eva e Adão”, “Deus no Acuda 2” e “Deus Nos Acuda 3” (todas em 2007, com direção de Nado Grimberg), “O Alienista” (2007 – Direção Anja Bittencourt), “Bailei na Curva” (2008 – Direção Amanda Miranda), “As (piores) Cenas da Minha Vida” (2012 – Direção Daniel Herz), “A Mulher não Existe?” (2013 – Direção Daniel Herz), “Viúva, Porém Honesta” (2014 – Direção Giulia Grandis) e “A Hora Perigosa” (20143 – Direção Daniel Herz). Seus trabalhos na TV são: novela “TiTiTi” (TV Globo, 2011), “A Grande Família”, no episódio “Deus lhe Pague” (TV Globo, 2011); além de participações em: quadro “Cupido” do Fantástico, no episódio “Transplante” (TV Globo, 2011), novela “Aquele Beijo”( TV Globo, 2011) e novela “A Vida da Gente” (TV Globo, 2011).

Rose Lima - ATRIZ

Rose Lima é Formada em Artes Cênicas pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). No teatro, destacam-se os espetáculos A Menina Edith e a Velha Sentada (2013/direção de Lázaro Ramos), que lhe rendeu a indicação a Melhor Atriz no prêmio CBTIJ de Teatro; Família Lyons; (2015/de Nicky Silver e direção de Marcos Caruso); E o monólogo Valsa n° 6 do Nelson Rodrigues com direção do Daniel Herz.

João Marcelo - ATOR

João Marcelo Pallottino é diretor, ator e professor. Fundou em 2016 a Cia BAK artes Performativas criando dois espetáculos Alice underground lives my buried mind e Torn Apart by Romeo and Juliet, que ficaram em cartaz durante um mês no Festival de Edimburgo na Escócia em 2017. É Coordenador e criador da Escola de Arte, escola com um perfil de artes contemporâneas na Universidade Celso Lisboa desde 2017 Integrou o elenco do Espetáculo “Perdoa-me por me traíres” com Direção de Daniel herz, fazendo três temporadas no ano de 2017. Dirigiu com Daniel Herz o espetáculo “Galileu Galilei”, Bertolt Brecht. 2016/2017 Criou a Mostra Cênica Contemporânea: Fora de Eixo, inaugurando-a com o espetáculo “Marat/Sade”, Peter Weiss. Fundou, em 2008, a “Hospedaria Cia de Teatro”, com todos os espetáculos estreando no Espaço Sesc, “Philippine, uma peça para Pina Bausch” (2014), “Silêncio/Inferno” (2012) – Inspirado na obra de Dante Alighieri; “A Religiosa” (2010), de Denis Diderot, : “Purgatório” (2016) – estréia na cidade de Taubaté, SP Dirigiu “Carmem de Tal” (2007), do Grupo Nós do Morro; Como ator, trabalhou na Cia. Atores de Laura, com os espetáculos: “As Artimanhas de Scapino” de Moliére (2002 a 2009), tendo três indicações ao prêmio Shell, sendo premiada na categoria figurino; além do prêmio “Qualidade-BR” de melhor espetáculo e direção, representando o Brasil no festival internacional de teatro Mercosul, na Argentina (Córdoba); “O Conto de Inverno”, de Shakespeare (2004), “N.I.S.E.” (2006).

GALERIA DE FOTOS

VÍDEO DEPOIMENTO DO ESPETÁCULO

Créditos:  Costa Blanca Videos

IMPRENSA

Release

Clipping

TÉCNICA

Rider de Luz e Som

Mapa de Cenário

Copyright © 2018 Palavra Z Produções Culturais. Todos os direitos reservados